sexta-feira, 4 de Setembro de 2009

Empadão de Bacalhau

Este prato de bacalhau foi preparado com o objectivo de aproveitar umas sobras de bacalhau desfiado que tinham sobrado de outra refeição. E sabem que mais? Foi uma óptima surpresa, ficou verdadeiramente delicioso. Eu gostei particularmente da camada de pão ralado com que se polvilha o empadão, fica muito muito bom e estaladiço.
E desde a primeira vez que fizemos este prato de bacalhau, cá por casa já o repetimos mais uma vez. Todos adoraram e se deliciaram :D


Ingredientes:
1 saqueta de puré instantâneo
1 cebola
1 dente de alho
800g de bacalhau demolhado
1 dl de vinho branco
1 folha de louro
4 c. (de café) de pão ralado
sal, pimenta e azeite q.b.

Preparação:
Prepare o puré conforme as instruções da embalagem. Pique a cebola e os dentes de alho e refogue-os em azeite. Limpe o bacalhau de peles e de espinhas e desfie-o. Junte-o ao refogado e deixe cozinhar um pouco. Refresque com o vinho, adicione a folha de louro e tempere com sal e pimenta a gosto; deixe cozinhar.
Ligue o forno a 180ºC. Quando o bacalhau estiver pronto, retire do lume e elimine o louro. Junte-lhe o puré e envolva bem. Coloque o preparado num tabuleiro refractário e polvilhe com o pão ralado. Leve ao forno durante dez minutos, ou até ganhar cor.


Adaptado de: “Segredos de Cozinha”, Nº1236, página 13

segunda-feira, 31 de Agosto de 2009

Fusilli com Cogumelos e Maçã

Muitas vezes, quer dizer, a maior parte das vezes, eu e a minha mãe almoçamos juntas em casa. Raramente nos apetece comer um banquete, por isso recorremos a pratos de 'pasta', leves e rápidos. Lá está, eu e a minha mãe adoramos massas, e esta receita é uma das nossas favoritas e uma das mais simples que fazemos cá por casa.


Ingredientes:
250g de massa fusilli
300g de cogumelos
300g de salsichas
1 maçã
I c. (de sopa) de orégãos
1 limão pequeno (sumo)
sal e azeite q.b.

Preparação:
Coza a massa em água abundante, temperada com sal e um fio de azeite. Depois de cozida, reserve a massa. Corte a maçã em cubinhos e regue-os com o sumo de limão, para não escurecerem.
Numa frigideira, salteie os cogumelos e as salsichas com um pouco de azeite. Quando estiverem amolecidos os cogumelos e as salsichas douradinhas, junte a massa e a maçã e tempere com sal e orégãos.


Adaptado de: “Segredos de Cozinha – Edição Especial Massas”, página 6

terça-feira, 25 de Agosto de 2009

Seu blog é mágico!

Bem, este foi o primeiro selinho que me deram. Nunca respondi a nenhum desafio, por isso se eu fizer algo de errado avisem :) :)
Este selinho foi-me oferecido pela Moranguita do Doces e Companhia, e a ela, mais uma vez, um grande obrigado querida.

O desafio consiste em responder às perguntas abaixo e indicar cinco amigas blogueiras.

Uma música mágica: Royalistick - Como Uma Estrela

Um filme mágico: P. S. I Love You

Uma viagem mágica: S. Tomé e Príncipe

Maquilhagem mágica: Ao natural, com um bocadinho de gloss.


E agora vou passar às 5 meninas blogueiras:

Beijinhos a quem passa por aqui e espero que as meninas gostem dos miminhos :))*

domingo, 23 de Agosto de 2009

Bolo de Bolacha

Já há algum tempo que tinha metido na cabeça que queria fazer bolo de bolacha. Eu gosto muito, mas aqui em casa só eu e o meu pai é que gostamos, pois a minha mãe não é nada adepta de manteiga. Fui uma bocado 'às cegas' para a elaboração deste bolo porque nunca tinha feito bolo de bolacha e também porque era a primeira vez que usava a forma com aro removível.
No final, até acho que não ficou mau. No entanto, concordo com o meu maior crítico, deveria ter levado um bocadinho mais de café nas bolachas, até porque no final ficou um bocadinho mais enjoativo do que o previsto. Claro que tenho a certeza que para a próxima sairá melhor, é assim que se aprende :))




Ingredientes:
300g de bolachas tipo Maria
3 dl de café ponto forte

Creme de Manteiga:
200g de manteiga
200g de açúcar em pó
1 c. (de sopa) de óleo

Preparação:
Para fazer o creme, bata a manteiga à temperatura ambiente com o açúcar em pó. Junte o óleo e bata até obter um creme macio. Reserve.
Mergulhe uma parte das bolachas no café e disponha-as no fundo de um aro, colocado no prato de servir. Faça camadas intercaladas de bolachas molhadas no café com o creme de manteiga, sendo a última camada de creme.
Polvilhe a superfície do bolo com bolacha moída e leve ao frio até servir. Antes de levar à mesa, retire o aro, passando una faca a toda à volta, e decore com bolacha Maria moída.


Adaptado de: “Nova Cozinha Tradicional”, Nº 79, Página 21

terça-feira, 18 de Agosto de 2009

Francesinhas

São as francesinhas do meu pai, receita dele e à moda dele. Aqui em casa quem as faz sou eu e ele, juntos na cozinha (imaginem a confusão que por lá não fica!!). Mas os "estragos" valem a pena, ficam mais que deliciosas estas francesinhas, as melhores que alguma vez provei. Eu gosto de as fazer com muito queijo e depois levá-las um bocadinho ao forno para o derreter. Quem nunca provou estas delícias naturais do Porto nem sabe o que perde.


Ingredientes:

1 frasco de molho de francesinha de compra
12 fatias de pão de forma
4 linguiças
8 fatias de fiambre
150g de queijo flamengo fatiado
8 salsichas pequenas


Preparação:

Aqueça previamente o molho de francesinha.
Coloque no grelhador uma fatia de pão de forma uma linguiça aberta ao meio e pressione. Depois coloque uma fatia de fiambre e uma fatia de queijo flamengo. Coloque, de seguida, mais uma fatia de pão de forma e duas salsichas previamente abertas. Pressione e finalize com uma fatia de fiambre, uma fatia de queijo flamengo e uma última fatia de pão de forma. Cubra esta última fatia de pão de forma com várias fatias de queijo e leve a meio do forno, a 180ºC, durante cinco minutos. Retire do forno e cubra a francesinha com o molho.

sexta-feira, 17 de Julho de 2009

Bolo de Maçã e Nozes

Vi este bolo algures num blog e não resisti, pus logo mão á obra. Eu e a minha mãe adoramos nozes e combinadas com a maçã, que delícia! Fiquei realmente satisfeita com este bolo, tão satisfeita que ao outro dia queria comer uma fatia e quase que ia tendo um ataque, só havia menos de um quarto. Aconselho-vos a experimentar, é super fácil de fazer e super delicioso. ´



Ingredientes:

200g de farinha
200g de açúcar
60g de miolo de noz
1 iogurte natural
4 ovos
1 maçã
50ml de óleo
1 c. (de chá) de fermento
margarina para untar
farinha para polvilhar

Preparação:

Unte uma forma de buraco com margarina e polvilhe com farinha, reserve. Ligue o forno a 180º. Descasque as maçãs, lave-as, seque-as e corte-as ao meio, retire-lhes as sementes e corte-as em cubinhos. Pique também as nozes grosseiramente com uma faca, reserve.
Numa tigela junte o óleo, o iogurte, o açúcar e os ovos e bata bem. Adicione a farinha e o fermento, batendo muito bem. Junte os cubinhos de maçã, as nozes e envolva bem na massa. Verta para a forma e leve ao forno por cerca de 45 minutos.
Verifique a cozedura e retire do forno. Desenforme, deixe arrefecer e sirva.


Adaptado de: http://docesdamoranguita.blogspot.com/2009/06/bolo-de-pequeno-almoco-com-maca.html

quinta-feira, 2 de Julho de 2009

Bolinhas de Carne

Estas bolinhas são uma óptima sugestão para aproveitar sobras de carne, no meu caso aproveitei umas sobras de carne assada. Ficaram deliciosas, bem parecidas com os croquetes da minha avó.
Fiz muito poucas alterações à receita original, só substituí as natas pelo leite (sugestão do meu pai!). Não me arrependi, apesar de fritas, souberam tão bem. Acompanhei, ainda, com umas laranjinhas apanhadas do meu quintal.

Ingredientes:

1 chouriço-corrente
600g de carne picada
1 cebola
2 dentes de alho
3 c. (de sopa) de azeite
orégãos
1dl de leite
1 c. (de sopa) de polpa de tomate
4 c. (de sopa) de farinha
sal, pimenta, farinha, ovo, pão ralado e óleo q.b.


Preparação:

Pique o chouriço e envolva-o com a carne. Pique a cebola e os alhos e refogue-os no azeite. Junte a carne e os orégãos e misture muito bem. Acrescente o leite e a polpa de tomate e deixe estufar, por 5 minutos.
Tempere com sal e pimenta. Adicione a farinha, mexendo sempre, para não ganhar grumos e até a massa se soltar. Retire e deixe arrefecer.
Molde bolinhas e passe-as por farinha, ovo batido e pão ralado. Frite-as em óleo e escorra-as sobre papel absorvente. Sirva-as com laranja.


Adaptado de: Adaptado de: “Mulher Moderna da Cozinha”, Nº 1, página 14


quinta-feira, 25 de Junho de 2009

Folares Rústicos

Folares são da Páscoa? Não, os folares são bons quentinhos em qualquer altura do ano ou torrados com manteiga logo a abrir a manhã. Estes, por acaso, até são os folares que eu e o meu pai nos aventurámos a fazer na Páscoa. Posso-vos dizer que foi uma grande aventura culinária mesmo! :)
Isto porque decidimos, como tantas vezes, de um dia para o outro, fazer folares como já tinhamos feito há uns anos atrás. E lá fomos os dois todos felizes para a cozinha. Os folares sairam bons, pouco doces mas bons. No entanto, os apecto deles não era o mais apresentável. Ficaram mesmo com um aspecto de uns Folares Rústicos.


Ingredientes:

900g de farinha
100g de margarina
50g de açúcar
4 ovos cozidos com casca
1 dl de leite morno
25g de fermento de padeiro
1 c. (de café) de açafrão em pó
2 dl de água morna
ovo batido para pincelar
margarina para untar
farinha para polvilhar


Preparação:

Dissolva o fermento no leito morno, junte 250g de farinha, mexa bem e deixe levedar até triplicar o volume. Deite o resto da farinha em cima da mesa, faça-lhe uma cavidade, junte o açúcar, a margarina, o açafrão dissolvido na água morna e a mistura do fermento e misture bem.
Trabalhe bem a massa até se descolar da mesa e das mãos, faça uma bola, coloque-a numa tigela polvilhada com farinha, cubra com um pano e deixe levedar até atingir o dobro do volume. Barre ligeiramente o tabuleiro do forno com margarina.
Trabalhe mais um pouco a massa, retire 2 pedacinhos e reserve-os. Divida a restante massa em duas partes e molde-as em forma de bolas achatadas, coloque-as no tabuleiro e disponha os ovos cozidos em cima, pressionando ligeiramente. Molde 4 rolinhos com a massa que retirou, coloque-os em cruz em cima dos ovos, cubra com um pano e deixe levedar 1 hora. Depois pincele com ovo batido e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 40 minutos. Retire, deixe arrefecer e sirva.


Adaptado de: "TeleCulinária" Nº1564, Página 365

segunda-feira, 15 de Junho de 2009

Sopa de Peixe

Esta é daquelas sopas que sabe bem comer quentinha nos dias frios de Inverno. Já não estamos no Inverno, e eu sei bem que agora só nos apetece umas sardinhadas no quintal e umas saladas bem rápidas e frescas. De qualquer maneira, partilho aqui com uma das minhas sopas preferidas, é tão boa! Eu gosto de a comer com bastante massa, bastante tomate e com pescada fresca.


Ingredientes:

400g de postas de pescada
2 cebolas
2 dentes de alho
3 c. (de sopa) de azeite
2 cenouras
200g de alho francês
1/2 lata de tomate pelado
2 c. (de sopa) de polpa de tomate
50g de massa (cotovelinhos)
2 c. (de sopa) de coentros
1 c. (de sopa) de orégãos
sal q.b.

Preparação:

Coza as postas de pescada em água abundante, temperada com sal, uma cebola cortada em pedaços e um dente de alho. Escorra, passe o caldo por um passador de rede e reserve. Deixe arrefecer o peixe, lasque-o e reserve-o também.
Pique a cebola e o alho restantes e refogue ambos no azeite. Corte as cenouras e o alho-francês em cubinhos e junte-os ao refogado, assim como o tomate pelado e a polpa de tomate. Deixe cozinhar mais um pouco e verta 1,2l do caldo reservado.
Deixe cozer durante 20 minutos e acrescente a massa. Tempere com sal, coentros e orégãos e deixe cozer por mais dez minutos. Rectifique os temperos, junte o peixe lascado e sirva.


Adaptado de: “Segredos de Cozinha” Nº 1206 , página 17

terça-feira, 9 de Junho de 2009

Queijadas de Leite

Porque muitas vezes os doces mais deliciosos são os mais simples, deixo-vos aqui estas maravilhosas queijadinhas. São um dos meus doces preferidos e cá em casa são muito apreciadas. Gosto delas bem escurinhas e mais ou menos cozidas, polvilhadas com açúcar em pó. Digo-vos, ninguém lhes resiste e são tão rápidas e fáceis de fazer.


Ingredientes:

1/2 litro de leite
2 ovos inteiros
300g de açúcar
100g de farinha
50g de manteiga
açúcar em pó q.b.

Preparação:

Bater os ovos com o açúcar e juntar a manteiga derretida, depois a farinha e o leite. Verter o preparado em forminhas untadas com manteiga e polvilhadas com farinha. Levar ao forno, a 180ºC, até as queijadinhas estarem cozidas (cerca de 15 a 20 minutos). Depois de feitas e desenformadas polvilhar com açúcar em pó por cima.


segunda-feira, 1 de Junho de 2009

Sonhos de Bacalhau

Depois do delicioso e clássico bolo de chocolate, chegaram os sonhos de bacalhau. Sim, porque aqui o meu cantinho não é só feito de chocolate e doces.
Devo contar-vos que a primeira vez que tentei fazer estes sonhos de bacalhau, eles saíram um desastre, à segunda saíram muito melhor e agora cada vez que os faço delicio'me com eles, então com uma salada de feijão frade a acompanhar. Hum ...
Confesso que sou mais apreciadora de bolinhos de bacalhau, mas como o meu pai adora estes sonhos e também como ainda não me aventurei nos bolinhos de bacalhau, decidi partilhar esta receita com vocês.

Nota: Obrigada por todos os comentários simpáticos que me deixaram no meu primeiro post, já vi que esta aventura virtual vai ser muito muito boa :)


Ingredientes:

400 g de bacalhau demolhado em postas
4 gemas
100 g de farinha
50 ml de vinho branco
4 claras
sal e pimenta q.b.

Preparação:

Coza o bacalhau e desfie-o, eliminando-lhe espinhas e peles. Junte-lhe as gemas, a farinha e o vinho. Tempere com sal e pimenta.
Bata as claras em castelo e envolva-as, delicadamente, no preparado do bacalhau. Coloque colheradas desta massa numa frigideira com óleo quente e deixe fritar. Retire e deixe escorrer os sonhos sobre papel absorvente.


Adaptado de: “Segredos de Cozinha” Nº 1178 , página 34

quarta-feira, 27 de Maio de 2009

Bolo de Chocolate Cremoso

O primeiro post. Sou nova por estas andanças, tanto de blog's como de culinária. A paixão pela cozinha sempre esteve em mim mas só há muito pouco tempo me aventurei pelos tachos e panelas. A primeira receita que decidi partilhar com vocês é algo especial. Fiz este bolo para festejar o meu aniversário há muito pouco tempo, e sendo eu quem sou havia de ser de chocolate. Aqueles que provaram deliciaram-se, quanto a mim, adorei este bolo, principalmente a cobertura de chocolate e pepitas. Nhamii ...

Espero que gostem. Bom Apetite!

Nota: Nada de andar a contar as velinhas, sim?!


Ingredientes:

320g de açúcar
240 g de farinha com fermento
125g de chocolate em pó
1 c. de chá de fermento em pó
5 ovos
1 dl de óleo
1 c. de sopa de água quente
manteiga para untar
farinha para polvilhar

Para o molho de chocolate:

1 tablete de chocolate
2 dl de natas
1 c. de sopa de manteigapepitas de chocolate

Preparação:

Barre uma forma com manteiga e polvilhe-a com farinha. Ligue o forno a 180 graus.
Numa tigela, misture a farinha com o chocolate em pó. Noutra tigela. Bata os ovos com o açúcar durante 5 minutos, junte a mistura da farinha, o óleo e a água quente e mexa delicadamente.
Deite a mistura anterior para a forma e leve ao forno durante 50 minutos. Verifique a cozedura com um palito, retire do forno, deixe arrefecer um pouco, desenforme e deixe arrefecer totalmente.


Prepare o molho:

Leve ao lume um tacho com as natas e a manteiga, deixe ferver, desligue o lume, junte o chocolate partido em pedaços e deixe repousar durante 10 minutos. Depois mexa até ficar um creme liso e deixe arrefecer.
Decore, depois, o bolo com o molho de chocolate e com as pepitas de chocolate.



Adaptado de: “TeleCulinária” Nº 1564 , página 396
Blog Widget by LinkWithin